Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

24 março, 2008

Just me

Se eu fosse escrever mais um capítulo pra vida de Sarah seria algo assim: O medo da impulsividade. Mas eu estaria falando dos meus sentimentos e não seria justo, por isso vou falar por mim mesma.

Nada com um dia após o outro, por mais clichê que isso seja é verdade. Apesar que continuarei a ser eu quando amanhecer, a diferença é que você passa refletir sobre o que aconteceu e, a partir daí, toma uma decisão(entenda como sendo uma atitude) e segue sua vida.

Dizer que meus sentimentos serão sempre os mesmos tão é bobagem quanto dizer que por mais que eu mude sempre serei eu.

Paradoxalmente, eu continuarei a ser "eu". Meu ego, meu jeito, minhas ações, minha cara. Claro que mudar é inivitável e preciso tbm, posso ver claramente essa minha metamorfose ao olhar minhas fotos de um ano atrás e quando vejo uma cena se repetir e eu não cometer o mesmo erro.

Meu modo de agir e pensar se modifica de acordo com o ambiente e as situaçõs que vivencio, mas nem por isso deixarei de ser EU.

Posso ser, aliás sou diferente de todos ao meu redor, não sigo o senso comum.
Não me visto na moda, não sigo tendências, não sou diferente quando tento ser igual.
Não me julgo igual ao ser diferente.

Sou apenas eu.

4 comentários:

[Red Skin] disse...

tudo muda! todos mudam!
nao é ruim mudar! é ruim perder a identidade (e não é do rg q estou falando)

bjss

Loh_rayne disse...

todos somos assim;

normais e tão diferentes;

vivemos numa metamorfose ambulante; como disse Raul;

seja feliz com essa metamorfose !

belo texto;*

Wellington Rock Star disse...

Seja apenas você
XD

Cesar Ribeiro disse...

Bom, oq dizer...
Gostei do seu nome, gostei do seu blog e amei as fotos... mas, hum, acima de tudo, adorei suas idéias, sua forma de escrever e o senço de humor... muito bom guria, gostei mesmo...
Smacks...