Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

04 março, 2008

São essas e tantas outras coisas...

Não sei exatamente o que dizer e nem que rumo isso vai dar, mas tenho que dar o primeiro passo de muitos.
Posso estar enganada, mas também posso acreditar que tudo vai dar certo daqui pra frente.
Quero sonhar com a realidade e não viver nesse mundo utópico que crio para aliviar meus problemas.
Quero fazer e acontecer.
Estar em todos os lugares quando não se está em nenhum.
Imaginar que o dia possa ter mais de 24 horas e aproveitá-lo como se fosse o último.
Sentir tudo que ainda não senti.
Viver mais!
Ser mais eu, não me importando com o que os outros vão achar.
Abandonar crenças inutéis e acreditar naquilo que eu quiser.
Me sentir bem ao me olhar no espelho.
Acordar e dar bom dia ao Sol.
Ouvir os passarinhos cantando e ver o quanto é bonita a natureza.
Dormir o suficiente pra me sentir bem.
São essas e tantas outras coisas que queria fazer...

0 comentários: