Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

06 maio, 2012

Nossa, olha eu aqui escrevendo depois de tanto tempo!

Tantas coisas se passaram, tantas sensações diferentes e muitos sentimentos!
Hoje posso dizer com muito orgulho que realizei meu sonho: Colei grau. 
Mas e agora o que fazer???
Acho que todo mundo já se deparou com essa sensação.
Bom, eu resolvi mudar. Tentar outra vida numa nova cidade, conhecer novas pessoas e uma oportunidade de emprego. Quer dizer, voltei a morar onde eu passei 14 anos da minha vida e fiz muitos amigos, agora posso revê-los, isso é muito bom. 
Mudanças trazem coisas boas, mas deixam saudades dos lugares e das pessoas com as quais você estava acostumado a conviver.
Espero mesmo do fundo do meu coração que tudo se ajeite, que eu consiga um bom emprego e que nossas vidas melhorem, que possam, de uma vez por todas, ir pra frente sem dar passos para traz.