Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

25 junho, 2008

Mensagem recebida no dia do meu Aniversário

Hoje é um dia especial! Comece a sorrir mais cedo. Pense em coisas boas.
Alimente seus sonhos. Escute uma música legal e dance, mesmo que sozinho.
Valorize as pessoas próximas a você. Perca o controle.
Grite. Espalhe alegria.
Lembre-se que você é um privilegiado. Nem todos têm as mesmas oportunidades.
Agradeça. As coisas mais importantes são aquelas que você não pode ver.
Que tal começar hoje aquela mudança em sua vida que você vem adiando?
Não espere para ser feliz. Não adianta tentar fugir de seus problemas. Ninguém consegue. Esqueça deles por um dia. Depois aprenda o que tiver que aprender e os enfrente.
Não se deixe abater. Acredite. Tenha energia.
O mundo começará a mudar quando você mudar.
Viver vale a pena.

Lá no fundo, desejamos a você mais um ano com muita saúde, paz e amor. Sinceros parabéns. Feliz aniversário.
0
***************
0
Essa mensagem eu recebi no dia 23/06/2008 o dia do meu aniversário, irei postar sobre isso quando eu achar que estou pronta, mas por enquanto deixo essa mensagem que fez toda a diferença para mim.

17 junho, 2008

Palavras de um "eu" egoísta

Não sei como devo começar, mas tenho que dar o primeiro passo, escrever a 1ª frase e nesse embalo escrever o post. Mas não consigo mais me desabafar ao escrever, meus pensamentos se tornam confusos e complexos e, nessa incerteza e angústia, eu simplesmente me fecho em minha casca de noz. Sei que isso me atormenta e aos poucos consome o meu emocional.

Ultimamente não me reconheço mais, transpareço ser forte e dar apoio a quem precisa e me doar de corpo e alma para que tudo no final ocorra bem, mesmo estando me sentindo um lixo, uma criatura que está aflita e confusa, mas que ao mesmo tempo tem certeza do que está fazendo e sabe lá no seu íntimo que vai conseguir passar por isso quantas vezes forem necessárias, buscando forças onde não tem.

Hoje é um dia em que meu eu está gritando por socorro, implorando uma palavra amiga ou apenas um abraço. Tentar fugir dos problemas não é a solução e nem ficar inventando soluções paliativas para amenizar a situação e querer que com o tempo sua consciência se convença disso.

Deixar que as lágrimas escorram pelo rosto alivia essa dor emocional, mas também me faz voltar a realidade e ver como existe injustiça nesse mundo e me rebelar por alguns momentos no qual me acho no direito de julgar e de corrigir os erros do mundo. Mas ainda ouço aquela famosa voz no meu ouvido de vez em quando e vejo que não sou capaz sozinha, mas que eu posso ajudar com o meu jeitinho sim, só que para isso eu preciso de apoio.

Não tenho vergonha de escrever o que estou sentindo, mas nesse momento nem eu eu sei ao certo que está se passando na minha cabeça e nem qual será o próximo passo.

Desculpa para aqueles que esperavam ler um bom texto ou uma alguma coisa interessante, mas não tenho condições de pensar em mais nada nesse momento que não seja em mim mesmo e, hoje, posso dizer que sou egoísta.

07 junho, 2008

Dias turbulentos

A vida é mesmo complicada, por mais que eu escreva aqui minhas frustrações, revoltas e alegrias nunca irei ter certeza de nada e nem do tempo que elas irão permanecer comigo.
Não queria escrever nesse clima melancólico a qual me encontro, mas não consigo calar meus anseios. Queria que ao escrever cada linha desta, meus problemas fossem apagados ou pelo menos amenizados. Mas tudo tem uma razão e hoje vejo que consigo lidar melhor com a situação, tenho uma carga de vida boa, digamos assim. Já passei por poucas e boas nesses 20 anos e sei que posso passar por tudo outra vez, mesmo sabendo o quanto é dolorido. Buscarei força naquilo em que acredito, mas gostaria muito de poder compartilhar isso com alguém, mas me falta esse ombro amigo. Queria que essa pessoa só me ouvisse sem fazer qualquer tipo de julgamento, que me desse uma luz e reacendesse em mim essa chama de esperança e confinça que está hoje fraca.
A incerteza do amanhã me consome aos poucos, queria dizer tantas outras coisas mas não consigo ordenar meus pensamentos, estou vivendo cada momento esperando o próximo passo e tentando enxergar as consequências, uma luz no fim do túnel, mas está tudo escuro.
Achei que mudando meu visual iria ser suficiente para me animar, mas vejo que cometi um erro. Não vou conseguir passar por essa fase sozinha, precisarei de alguém ao meu lado.

05 junho, 2008

Deixei ser loira!



Decidi mudar o visual radicamelnte, estava cansada de me olhar no espelho e ver aquela loira de sempre com a aparência ofuscada e sem brilho no olhar.

Transformações radicais exigem corajem para encarar os resultados. No primeiro momento me choquei ao me ver morena pela primeira vez na vida, mas com o tempo me acustumei e agora não me arrependo de nada.

Adorei meu novo visual, transparece mais essa fase da minha vida, meus 20 anos e minha cara de mulher decidida e não mais menina. Despertou em mim um lado que estava escondido, agora tenho a ousadia de mostrar meu estilo de ser e quem não gostar, infelizmente não posso fazer nada, simplesmente peço que se afaste para que não seja falso.

Ahh.. posso ter ficado ruiva, mas minha alma sempre será loira!

02 junho, 2008

Vanilla Sky

Seria muito fácil se cada um tivesse o pleno poder de controlar sua vida, prever suas atitudes, gestos, emoções, sonhos amizades enfim, de controlar cada minuto que respira. Talvez assim não existisse 3 dos 5 sentimentos existentes: remorso, ódio, vingança, vergonha e amor. Não existiriam conflitos, guerras, violência e mortes prematuras. Utópico demais até para se sonhar...
O sofrimento faz parte do processo de amadurecimento pessoal e intelectual de cada indivíduo. Se você não encara a realidade, não sabe o que é viver. A sociedade nos mostra a fragilidade do ser humano, das diferentes perspectivas de vida, dos valores de amizade que, diga-se de passagem, são essenciais para nossa sobrevivência. Uma vez que o homem não nasceu para viver sozinho. Porém, fatos inesperados acontecem na vida das pessoas e algumas atitudes tomadas na hora em que a raiva fala mais alto que a razão, resultam em tragédias que mudam completamente o destino daquele que foi afetado.
Qualquer relacionamento começa e termina por causa da confiança uma palavra simples, mas faz toda a diferença. Às vezes o ser humano mostra seu lado frágil e entra em crises existenciais em que não sabe mais em quem confiar e nem como agir. Algumas pessoas se voltam contra você e acabam por destruir laços que você julgava indestrutíveis e, ao se deparar com isso, restam-lhe apenas duas alternativas: respirar fundo, erguer a cabeça e dizer para si mesmo que é capaz de superar tudo e continuar sua vida mais confiante de si e tomar cuidado para que não se repita o mesmo erro. Já que “cada minuto que passa é uma chance de virar a mesa” e mudar seu destino por algum tempo. Ou você pode simplesmente abandonar tudo aquilo que conseguiu até hoje, viver se arrastando pelos cantos e reclamando indignado pro achar que você não merecia passar por isso, se drogar com calmantes e esperar o anoitecer dos dias como se cada dia vivido fosse um dia a menos dessa sua vida desprezível.
O medo de enfrentar os desafios propostos pela vida molda cada indivíduo de uma forma, essa plasticidade de viver aquilo que quer e ou de fingir viver, mostra mais uma vez a nossa inferioridade perante a natureza. Tentar desvendar o enigma do ser é um grande desafio que nem mesmo os mais famosos filósofos conseguiram completamente.