Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

15 dezembro, 2008

Nas voltas que o mundo dá...

Eu me perdi quando achei que tinha me encontrado.
Me encontrei em momentos em que estava perdida.
Perdida na dor,
Perdida no amor,
Perdida na solidão de meus passos
e ao som de meus pensamentos.

Ventos sopraram contra e a favor de mim.
A favor de um vida que se segue e
contra uma série de acontecimentos...

Ficarão na lembrança:
Algumas fotos,
Algumas recordações,
Boas risadas,
Bons momentos.

Tristezas também fizeram parte dessa trajetória,
Momentos de angústia,
De revolta profunda,
De incompreensão,
De medo e
De incertezas.

O tempo se encaregará de levar a marca e deixar só a cicatriz.
Ninguém nunca será perfeito e nem tudo será como agente quer.
Nada acontece por acaso, mas nem tudo tem um explicação (lógica).
O mundo sempre dará voltas e sua vida pode virar de ponta cabeça em questão de segundos.

10 dezembro, 2008

É. Foi o fim de um começo!

Tudo se resolveu na incerteza dos acasos e na ausência de respostas.
Talvez tenha sido melhor assim.
Algo que parecia tão simples terminou tão complicado.
Um fato inesperado aconteceu e ela se viu numa situação a qual nunca tinha passado e acabou por perder a noção do perigo.
Uma noite longa de alguém desiludido e revoltado consigo mesma por ter deixado aquilo acontecer.
Não precisou de uma resposta pois viu com seus próprios olhos e sentiu na pele a dor de uma traição.
Precisou de apenas dois dias para por sua cabeça no lugar e ver que não valia a pena estar ao lado de alguém assim e por isso apenas manteve seu silêncio como forma de um grito reprimido em meio a tudo que aconteceu.
Hoje, mais serena é capaz de apenas lembrar das coisas boas que lhe aconteceram e esquecer tudo que um dia lhe machucou. Porém, seu coração ainda está frágil e com medo de se apaixonar por alguém e acabar sentindo essa mesma dor novamente.
Consequências ficaram para ambas as partes, porém cada um escolheu um caminho o qual não tem mais volta e, a partir daí,tudo pode acontecer...

02 dezembro, 2008

O começo do fim ou o fim de um começo??

"When you are with me
I'm free
I'm careless
I believe

Above all the others we'll fly this brings tears to my eyes.
My sacrifice!" (Creed)

Ela está confusa e pela primeira vez não sabe o que fazer, o que dizer e muito menos que irá acontecer no decorrer dos dias. Tudo tão novo, tão belo e ao mesmo tempo tão complicado!
Milhões de borboletas insistem em voar em seu estômago e não deixá-la em paz. Olheiras profundas por causa das noites de sono perdidas deixam sua aparência cansada e seus olhos demostram angústia e anciedade.
Seu ego está ferido. Alguém conseguiu tocar no seu íntimo e agora ela não sabe o que fazer.
No momento está analisando seus passos e vendo as consequências.
Riscos existem, mas será que vale a pena corrê-los?

(...)

To be continued ...

29 novembro, 2008

Há limites???

Sinto que tudo posso dentro dos meus limites, mas afinal quais são eles?
Qual é o limite do ser humano?
O que pode ser considerado como limite?
Cada caso um caso... Dizem que cada um deve saber seus limites.
Porém, não há limites para sonhar, para ser feliz e para amar - teoricamente falando.
Será que cada um sabe realmete o seu limite?
Sinceramente não, é só acompanhar as tragédias diárias transmitidas pela mídia e, a cada dia, me sinto impotente perante a inconsequência humana e a falta de humanismo perante o próximo.
É pai matando filho, é filho matando a mãe, é empregada espancando criança, pessoas atiradas pela janela, sequestradas e torturadas por motivos banais, atentados terroritas, abuso de poder, é a seca no sertão e as enchentes no sul do país... Quer mais exemplo que isso?
Não sei onde vamos parar, mas com certeza não dá para continuar como estamos.

23 novembro, 2008

Ontem, hoje e sempre!

Há exatamente 5 meses eu completei 20 anos de vida e, devo a eles o que eu sou hoje.
Porém, hoje vejo que cometi erros bobos, mas que ao me ver naquela época era certo e não tinha outro jeito. Enfrentei muita coisa sozinha, mas ao mesmo tempo tive a ajuda de pessoas especias que me estederam a mão e me deram força pra seguir em frente, as quais nunca esquecerei mesmo com a distância.

Na vida todos precisam de alguém que se possa compartilhar alegrias e tristezas, alguém que rompa as barreiras impostas pela vida e que não tenha medo, assim você tem alguém a qual pode se espelhar e seguir em frente.

Dia após dia... Ano após ano.

E eu, continuo aqui. Exatamente como começou mas com uma diferença: Hoje eu me vejo mulher. Me sinto assim e não tem palavras para descrever tal sensação. Sou mais segura em minhas decisões e não tenho medo de enfrentar os obstáculos, mas, às vezes, bate uma insegurança e tudo fica nublado. Mas é passageiro, aprendi que são apenas fases.

Nossa, vai fazer dois anos que saí de São Paulo e olhando para trás vejo quanta coisa mudou. Cheguei aqui como uma guria desiludida, frustrada, insegura e egoísta em meus sentimentos, fechada em mundo só meu. Agora, eu sou muito mais feliz, pois percebi que a felicidade sempre esteve perto de mim e eu nunca soube aproveitar os momentos, aprendi a dividir meus sentimentos e a compartilhar a minha vida com a minha família daqui. Depois de muito sofrer dexei meu egoísmo/possessão de lado e hoje curto viver assim como sou. Não devo nada pra ninguém e nem obrigo ninguém a gostar de mim. Não finjo sentimentos, apenas sigo o rumo que a vida me impõe e isso quer dizer que faço o que for necessário para viver em harmonia.

Por incrível que pareça estou com a sensação de que meu o fim de ano vai ser muito bom. Mas isso mudou há algumas semanas atrás, pois até então eu estava entrando na minha deprê de fim de ano e isso era certeza de acontecer. Porém o sol brilha para todos e, sinto que o meu momento é agora.

Não importa o que eu vivi e nem me preocupo com o que virá, pois tenho a certeza que sempre serei eu ontem, hoje e sempre!!!

Sweet child o' mine - Guns N'Roses


She's got a smile that it seems to me
Reminds me of childhood memories
Where everything
Was as fresh as the bright blue sky

Now and then when I see her face
She takes me away to that special place
And if I stay there too long
I'll probably break down and cry

Oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet love of mine

She's got eyes of the bluest skies
As if they thought of rain
I hate to look into those eyes
And see an ounce of pain

Her hair reminds me of a warm safe place
Where as a child I'd hide
And pray for the thunder
And the rain
To quietly pass me by

Oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet love of mine

Oh, oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet love of mine
Oh, oh, oh, oh
Sweet child o' mine
Uh, uh, uh, uh
Sweet love of mine

Where do we go
Where do we go now
Where do we go
Where do we go
Where do we go
Where do we go now
Where do we go
Where do we go now
Where do we go now
Where do we go
Where do we go now
Where do we go
Where do we go now
Where do we go
Where do we go now

Sweet child o' mine
Sweet child o' mine

19 novembro, 2008

Considerações

"Os que desprezam os pequenos acontecimentos nunca farão grandes descobertas. Pequenos momentos mudam grandes rotas."

Finalmente

Nossa, um mês sem aparecer por aqui! Não tinha percebido que se passara tanto tempo devido ao fato de ter acontecido mil coisas na minha vida. Aquela velha história da correria de fim de ano. Bom, tenho que contar aqui alguns fatos relevantes que mudaram minha vida e para a melhor =)

Humm recordando o tempo que se passou posso dizer que houve momentos de extrema revolta, crises e mais crises de estress e de gastrite, de choro reprimido, de insegurança e medo. Mas como tudo nesta vida são fases, isso já passou e hoje os caminhos estão se abrindo e tudo está se ajeitando e da melhor forma possível. Está na hora que colher aquilo que foi plantado e, eu estou ciente que colheirei bons frutos, uma vez que eu semeava harmonia onde plantavam a discórdia e o ódio...

Estou de férias! Passei em tudo e até o fim do ano estou com um artigo publicado e não tenho palavras para descrever essa sensação de ver algo que foi feito por mim e mais uma equipe (2 pessoas) publicado em uma revista em que todos poderão ter acesso. Foram dias a fio trabalhando sem parar para que tudo desse certo e digo com todas as letras e valeu cada minuto. E para o ano que vem já tenho planos de desenvolver mais 3 projetos e um deles já ser o meu TCC, mas tudo ao seu tempo.

Não vou para São Paulo agora em Dezembro, estou morrendo de saudades das pessoas queridas que eu deixei por lá, mas quem sabe eu dê uma passadinha em Janeiro e mato essa saudades. Ah, os problemas em família sempre continuam né, mas de forma amenizada pelo fato da distância e quanto menos eles souberem de mim, melhor.

Estou muito bem aqui morando com minha tia e nós vamos nos mudar, provavelmente semana que vem para um apto. um lugarzinho menor mais no centro da cidade, já que agora somos só nós duas. E sinceramente acho que vai ser mto bom, mesmo com esse friozinho na barriga que estou sentindo pelo fato de sair dessa casa em que passei momentos marcantes da minha infância à minha adolescência, que presenciei cenas de felicidade verdadeira, de amor de família, mas que também vivi momentos de tensão e sofrimento que não cabe a aqui contar.

Volto a dizer que mudanças são sempre bem vindas e, vou viver um dia após o outro, tudo ao seu tempo e nada de meter os pés pelas mãos e estragar tudo, como tinha mania de fazer. hehehe

19 outubro, 2008

Impossível não comentar

Hoje na televisão passou reportagens sobre o trágico fim do sequestro em Santo André e, assistir fiquei imaginando o que leva uma pessoa a esse extremo? Nada justifica o que ele fez.
Será que poderia ter sido diferente esse final?
Foi nobre o gesto da família da menina, parabéns! Pois ela se foi, mas deixou aqui a esperança de cura para algumas pessoas e assim, Eloá estará viva nelas e nunca será esquecida. Realmente um gesto muito bonito de solidariedade.
Expresso aqui revolta ao saber que foi um jovem desestruturado que modificou a vida de tantas pessoas a troco de nada. Que gerou tanta dor e sofrimento às pessoas e que agora vai ser julgado e condenado no máximo a 30 anos de prisão e quando sair ainda poderá ter uma vida praticamente normal e cometer outro ato insano! Eu fico indignada com as leis nesse país!!! Isso pra não falar do treinamento dos nossos policiais em geral. Na minha opinião o Brasil tem que investir muito nesse aspecto, tem que jogar de igual pra igual com esses marginais, tem que ser estilo aquele filmes americanos que mostra a policía de lá. Tem que ter leis rigorosas para poder impor respeito perante a sociedade, de pouco adianta andar armado pelas ruas enquanto os bandidos estão munidos de fuzis e tudo mais....
Aonde vamos parar com tanta violência? Tenho medo de saber a resposta.

15 outubro, 2008

Mensagem

Li essa mensagem na letra da música O caderno do Padre Fábio
de Melo, pois fiquei
curiosa sobre a música ao ver a
propaganda que passa na Tv sobre o cd dele e nessa
letra tem
essa mensagem da qual gostei:



Eu não sei se você se recorda do seu primeiro caderno, eu me recordo do meu.
Com ele eu aprendi muita coisa, foi nele que eu descobri que a experiência
dos erros

Ela é tão importante quanto às experiências dos acertos
Porque vistos de um jeito certo, os erros,
Eles nos preparam para nossas vitórias e conquistas futuras
Porque não há aprendizado na vida que não passe pelas experiências dos erros

O caderno é uma metáfora da vida,
Quando os erros cometidos eram demais, eu me recordo,
Que a nossa professora nos sugeria que agente virasse a página.
Era um jeito interessante de descobrir a graça que há nos recomeços.

Ao virar a página, os erros cometidos deixavam de nos incomodar e
a partir deles,

Agente seguia um pouco mais crescido.

O caderno nos ensina que erros não precisam ser fontes de castigos.
Erros podem ser fontes de virtudes!
Na vida é a mesma coisa, o erro tem que estar à serviço do aprendizado;
Ele não tem que ser fonte de culpas e vergonhas.
Nenhum ser humano pode ser verdadeiramente grande
sem que seja capaz de reconhecer os erros que cometeu na vida.

Uma coisa é agente se arrepender do que fez! Outra coisa é agente se
sentir culpado.

Culpas nos paralisam. Arrependimentos não!
Eles nos lançam pra frente, nos ajudam a corrigir os erros cometidos.

Deus é semelhante ao caderno.
Ele nos permite os erros pra que agente aprenda a fazer do jeito certo.

Você tem errado muito?
Não importa, aceite de Deus essa nova página de vida que tem nome de hoje!
Recorde-se das lições do seu primeiro caderno.
Quando os erros são demais, vire a página!

04 outubro, 2008

O mal dos excessos

"Aqui jaz um homem rico nesta rica sepultura; escapava da moléstia, se não morresse da cura. " (De Bocage)

___A sociedade atual mostra-se cada vez mais consumidora de excessos e, tudo o que é demais faz mal. Para cada coisa existe uma medida, um proporção e um limite que muitas vezes é desrespeitado pelas pessoas, pois a futilidade, a falta de informação, a impulsividade por comprar e de manter um status perante a sociedade tornam o ser humano cada vez mais medíocre.
___Ao ouvir que tomar uma taça de vinho por dia faz bem pro coração, a pessoa passa a tomar vinho todos os dias e ainda pode pensar que se uma taça faz bem, então, tomar duas é melhor ainda e por consequência, se torna alcoólatra. É comprovado que um cálice de vinho por dia traz benefícios para o corpo, pois atua na estabilidade da parede dos vasos sanguíneos diminuindo a possibilidade de acúmulo de placas de gordura nesses vasos e evitando, assim, o temido infarto do miocárdio. Mas esse vinho é aquele que é feito a partir da uva Cabernet Sauvignon, Merlot e uma outra que não lembro o nome agora, mas estas são as uvas mais caras e, portanto, dos vinhos mais caros e não aqueles que se comprados em "boteco". A quantide de álcool tem que ser pequena, tanto é que o suco puro da uva faz quase o mesmo efeito do vinho.
___O café também é extremente prejudicial à saúde, pois a cafeína traz vários malefícios para o organismo assim como o uso exagerado de adoçante, o açúcar só pode ser substituído de maneira natural pela frutose (encontrada em frutas e no mel), o uso indiscriminado de aspartame é um dos grandes vilões à saúde, pois é uma neurotoxina e está relacionado com o Mal de Alzheimer e doenças de Parkinson e pode-se ainda associá-lo com o surgimento de câncer. Em outras e palavras, tudo o que é demais faz mal seja na alimentação, bebida, consumismo de bens materiais ou psico-fisiológico.

20 setembro, 2008

Hoje direi que o nada se tornou tudo e
Que tudo que era um dia, hoje não é mais
Porém nada do que é hoje existiu antes.
O passado não é o presente,
Mas o futuro será construído no hoje
Termino com aquela velha frase:
Nada do que foi será de novo do
jeito que já foi um dia.

Tudo passa, tudo sempre passará.

18 setembro, 2008

Não é porque você não enxerga que não existe/ A importância de seguir as instruções

Hoje vou falar sobre algo que foi comentado na sala de aula pelo meu professor e, como fiquei interessada pelo assunto resolvi compartilha-lo.

Muitas pessoas tem o costume de tomar remédios indicados pelo balconista da farmácia ou por pessoas que já tomaram tal remédio e funcionou. Isso é completamente errado, outra coisa que é de extrema importância, mas que as pessoas ignoram é administrar o medicamento no tempo certo, quando a pessoa melhora no 2º ou 3º já param de tomar a medicação e isso é o pior erro que a pessoa podia cometer. Pois quanto você sente essa melhora é porque a medicação está agindo contra o agente infeccioso matando primeiramemte aqueles mais sensíveis (fracos) ao remédio, mas isso não elimina toda a população desses organismos, ao parar com a medicação você faz com os organismos mais resisntes (fortes) sobrevivam e criem resistência a tal remédio. Por isso que para algumas pessoas determinados medicamentos não fazem mais efeito.
O pior de tudo isso é que cada vez mais esses patógenos vão se tornando mais resistentes e dificultando o tratamento. Existe uma grande área da ciência que estuda esses mecansimos de defesa desses organismos e novas formas de combatê-los, mas apesar dos grandes avanços na tecnologia e na ciência médica,ainda existem bactérias, fungos e vírus que o homem não é capaz de vencê-lo como, por exemplo, o vírus HIV, o Staphylococcus aureus que é um fungo que adquiriu resistência aos medicamentos e hoje existem mais duas espécies dele resisntente a diferentes medicamentos, sendo que para o homem uma dessas espécies leva à morte, já que não existe um medicamento eficaz contra ele e nisso você se sente impotente ao ver uma pessoa definhar aos poucos por causa de algo que não é visto ao olho nu.

Moral da história: Sigam a risca as instruções do médico, nunca confiem em pessoas que não estão habilitadas para fornecer medicamentos.

14 setembro, 2008

Tristes lembranças

Nossa vida é repleta de momentos e situações que marcam para sempre, ficam guardados em arquivos na nossa memória e ao recordar revivemos a cena, podemos ver como outros olhos e ter sentimentos diferentes hoje em relação ao passado, mas ele nunca será mudado. A quem diga que recordar é viver, mas para mim recordar é sofrer, é mexer nas feridas já cicatrizadas, principalmente em questões familiares.
Hoje eu chorei, não consegui reprimi-lo, mas chorei baixinho, sozinha e no meu canto. Ninguém precisa saber o que está acontecendo nesse momento, uma vez que ninguém vai sentir o que eu estou sentido, pois só eu vivi isso na pele.
Posso me mostrar forte perante muitos momentos difíceis, mas é falar de algo envolvendo meus pais e pessoas próximas eu me abalo pscicologicamente. Não adianta, é involuntário essa angústia e inevitálvel o choro.
Nunca cheguei a relatar minha vida familiar aqui, apenas comentei alguns conflitos e sem muita exposição, mas estou pensando seriamente em montar um outro blog estilo diário, sei que só tenho 20 anos, mas minha vida até hoje daria um livro com mais de 500 páginas! Seria um drama com final incerto. (Ainda vou amadurecer essa idéia, escrever me faz bem)
Escrever para mim é uma terapia, um hobby que faço com prazer, mas ultimamente tenho encontrado muitas dificudades, preciso de apoio, de um "up grade" para que volte com tudo e matenha esse blog até o final da minha vida. É um dos meus objetivos, escrever enriquece seu vocabulário, exercita sua mente e poder dividir isso com qualquer pessoa que acesse meu blog e ela se identificar com algo e de repente isso lhe fizer bem é muito bom, eu fico bem feliz. Adoro quando recebo um comentário por mais simples que seja.
Obrigada a todos que lêem este blog e também aos que comentam!

02 setembro, 2008

Por onde andei ?

Nem eu sei dizer por quais caminhos andei, quais esquinas parei e em qual rua segui.
Apenas estou tentando seguir pela estrada de tijolos amarelos que me leve a um lugar onde eu possa enfim me encontrar e, alí, permanecer.

Estou cansada de ver e ouvir certas coisas, de ver pessoas ao meu redor sofrendo, de saber que não posso confiar em algumas pessoas da minha própria família e, principalmente, inconformada em ter que aguentar isso calada, sabendo que estou sendo injustiçada.

Não julgue sem saber, não tire conclusões preciptadas e acusando alguém sem ter provas. Não veja a pessoa pelo que ela fez no passado ou por um deslize que cometeu e sim no seu dia-a-dia, na convinvência.

Magoar as pesssoas é algo muito fácil e ao mesmo tempo difícil de esquecer. Queria poder resolver a situação e seguir minha vida ao lado de quem me quer bem e que enxerga o que eu realmente sou.

Se cada pessoa não fosse tão egoísta ao ponto de prejudicar alguém só para satisfazer seu ego, o mundo seria mais calmo.

29 agosto, 2008

Um olhar, um sorriso e um momento

O momento certo aparece quando você menos espera e senão agir rapidamente para aproveitá-lo ele se esva num piscar de olhos.
Um sorriso é suficiente para que tudo ao redor se contagie com sua alegria e adoce os momentos amargos da vida. Ao sorrir você movimentas os músculos e exercita seu corpo, esquece das horas e tudo fica mais fácil quando você está feliz.
Já o olhar é imprescindível para qualquer situação, eles falam! São capazes de demonstrar cada sensação e até aquilo que é dito da boca pra fora é demonstrado o verdadeiro sentimento no olhar da pessoa que está falando.
Não é preciso dizer verbalmente quando é percebido no olhar as reais intenções.

Um sorriso cativante e um olhar marcante é o que eu desejo para esse final de semana.

25 agosto, 2008

Ausência

Procurei no meu íntimo respostas as quais não encontrei
Fechei os olhos buscando sonhar, mas nada aconteceu
Tentei esquecer de tudo e apenas respirar
Fracassei.

Quis ser outra pessoa, mas vi que não sou boa atriz
Queria tanta coisa e ao mesmo tempo não pensava em nada
Essa ausência de mim só me trouxe complicações.

Passaram-se as horas, os dias e as semanas
Hoje eu dei os primeiros passos para voltar a ser como sou
Apenas eu e nada mais.

10 agosto, 2008

Tem que ser você
Sem por que, sem pra que
Tem que ser você
Sem ser necessário entender

Deixarei que estas frases soltas de uma música falem por mim esta semana, uma vez que não tenho palavras novas para escrever. Minha inspiração simplesmente sumiu! Antes era um turbilhão de pensamentos que não deixavam minha mente em paz, agora é simplesmente um branco, um vazio que não tem razão e nem explicação...

03 agosto, 2008

Tudo tem seu preço.

" A história dos esforços humanos para subjulgar a natureza é também a história da subjulgação do homem pelo homem." (Max Horkheimer)

O trabalho transforma o homem, é ele junto com a linguagem que diferencia, culturalmente, nós dos animais. Para que seja realizado uma tarefa é preciso que o homem aprenda como se faz para que possa executá-la com perfeição e se adequar as normas do seu ambiente de trabalho.
Desde os primódios o homem sempre teve a necessidade de controlar o tempo, ou melhor, de ser controlado para que tivesse limites pré-estabelecidos perante a época vivida; Com o advento do relógio de pulso no século 19, o homem mostrou sua individualidade perante o controle do tempo, este por sua vez, mostra a falta de autonomia do próprio homem em relação ao tempo, por mais que a tecnologia avance nunca consiguiremos pará-lo.
O começo de tudo foi a necessidade de consumo que o homem tinha em produzir seu alimento, roupa e moradia que eram aprimorados com a melhor utilização da natureza assim como as habilidades do homem com o passar dos anos.
Ao constituir as primeiras sociedades, ou povos, o trabalho era recompensado por mercadorias (escambo), como uma espécie de troca. Nessa época tudo era primitivo e precário, não existia a necessidade de saber ler, escrever e ter uma formação profissional como hoje.
Na antiguidade, gregos e romanos dedicavam-se ao "ócio produtivo" em que a elite precisava cuidar do corpo e do espírito enquanto os escravos faziam todo o trabalho braçal o qual era muito desvalorizado apesar de ser extremamente necessário para a sociedade na época. Podemos considerar um escravo aquele que realiza uma função sem nem saber o porquê e não é valorizado pelo serviço prestado.
Avançando um pouco na história, um marco importante foi a passagem do feudalismo para o capitalismo onde surgiram as revoluções industrias, a divisão das tarefas, de horários pré-estabelecidos, ritmo de produção, greves, sindicatos, direitos humanos, leis trabalhistas etc. Talvez esses períodos anarquistas sejam os responsáveis pela ordem nos dias de hoje, pois se não tivessem ocorridos as mobilizações trabalhistas em busca de condições dignas de trabalho, o homem - a classe burguesa, não teria reconhecido a importância dos trabalhadores em geral. A ganância pelo poder e o ganho teoricamente fácil do dinheiro através dos esforços dos outros leva o homem a cometer crimes contra os direitos humanos, desprezando qualquer coisa para consiguir o que quer. São exemplos disso as empresas multinacionais que se instalam onde existe mão de obra barata, o contrabando de árvores na floresta Amazônica, a pirataria de filmes, marcas e objetos etc.
Atualmente nossa liberdade, entenda-se como nosso de lazer, é comprado com o resultado de nosso trabalho, para termos algum conforto é preciso trabalhar esse é preço que pagamos e que vamos pagar cada vez mais caro por conta principalmente da globalização.

O Tempo e o Vento

O tempo anda ligeiro,

e a vida com ela se esvai

Tal qual o sopro do vento,

vida,tempo,vento vai.

Tempo,vento

vida leva,

tudo mais há de passar,

mas o amor que une a gente

nem o tempo

nem o vento

hão de levar.

(José Carlos Lino)

02 agosto, 2008

Unwritten by Sarah

"trim" 'trim" "trim"

- Alô
- Olha, eu só tenho um minuto:

Aonde quer que eu vá vou te leva pra sempre
A culpa não foi sua
Os caminhos não são tão simples mais eu vou seguir
Viajo em pensamento numa estrada de ilusão
que eu procuro dentro do meu coração
Toda vez que fecho olhos é pra te encontrar
A distância entre nós não pode separar
O que eu sinto por você não vai passar
1 minuto é pouco pra poder falar
A distância entre nós não pode separar
E no final eu sei que vai voltar
(...)

Essa era música (1 minuto - D'Black) que repetia-se no mp3 de Sarah ( É, ela voltou =D ! ), seus pensamentos estavam dando voltas e voltas sem chegar a rumo algum. Quando ela descobrir prometo contar aos mínimos detalhes, mas por enquanto esse capítulo ainda esta incompleto. Alguém se arrisca a terminá-lo??

27 julho, 2008

As coisas são como elas são....

Hoje estou decidida.
Não sou mais quem eu achava que era.
Me surpreendi em alguns momentos que a vida me mostrou caminhos diferentes e incertos.
Tal incerteza me fez ver que posso ter mudado, mas continuo com os pés no chão.
Sonhar é bom, mas até que ponto vale a pena acreditar em uma ilusão?
Construir um castelo de areia não é o que eu quero nesse momento.
As pedras que encontro em meu caminho guardo todas para que um dia possa construir um castelo até então sólido, mas que não garante seu deterioramento com o passar dos anos...
Queria entender como as coisas são, mas vi que não consigo.
Dizer a verdade é essencial por mais que seja doloroso falar isso pra alguém e saber que vai machucar, porém, julgo ser um mal necessário.
A vida não é um conto de fadas em que tudo pode ser resolvido com um toque de mágica.
Prefiro continuar com minha sensatez ao invés de me arriscar em algo que não sei se vai dar certo.
Ao mesmo tempo que me contradigo ao pensar que a graça de tudo talvez esteja em não saber qual será o proximo passo e que se vc não arriscar nunca saberá se vai dar certo!
Enfim, as coisas são como elas são....

21 julho, 2008

REVENDO CONCEITOS

Esqueçam tudo que eu disse na postagem anterior!
Estou revendo conceitos, abandonando velhos medos
Tentando me libertar , enfim
Quando me definir voltarei a postar !!!!!

18 julho, 2008

Postagem do dia anterior (17/07/08) às 19:14h

Intimidade emocional

1 ano do acidente da TAM em Congonhas.
Exatamente nesse dia eu embarcava em São Paulo rumo a Beltrão, de volta a minha nova vida.
1 ano, 5 meses e 7 dias para ser mais específica que estou aqui. Que estou em plena transformação e crescimento profissional. Tanta coisa aconteceu nesse meio tempo que não palavras suficientes para descrevaer cada detalhe, mas alguns fatos estão registrados aqui em antigas postagens. Mas voltando ao assunto...
Naquela noite (ontem) repetiu-se em minha mente uma cena de 1 ano atrás que eu hoje (entenda-se como esses dias) resolvi relembrar e tentar reviver. Porém doce ilusão a minha! Quis, ingenuamente, fugir dos problemas construindo um castelo de areia que só permanece intacto por causa da minha esperança que insiste em dizer que um dia eu vou reviver/reconstruir uma história que hoje permanece sem um ponto final.
Não sei se essa minha ousadia momentânea venha a se transformar em arrependimento, sinceramente espero que nunca aconteça. Umas vez que eu não agüentaria ouvir outro não e uma segunda desilusão com a mesma pessoa.
Nesse momento não importa mais se eu deixei de viver certas coisas e se tentei buscar em outros aquilo que tive no passado, pois o medo de me arrepender e tomar uma decisãoprecipitada e conseqüentemente me machucar fala, ou melhor, grita mais que eu nesse momento.
Medo... Medo!?
É. Medo de me surpreender com meus sentimentos, de não saber qual será o próximo passo.

Algumas coisas poderiam ser previstas em nossas vidas, como roteiros de um personagem, assim, era só decorar as falas e seguir as cenas sem interrupções. Mas mesmo assim ocorreriam imprevistos!
É, não dá para saber qual será próximo ato, quem dirá adivinhar o desfecho dessa história em que mocinhos se tornam bandidos e alguns bandidos viram heróis e a jovem donzela nem é tão bela assim e vai perdendo seus encantos com o decorrer dos dias.

13 julho, 2008

... Sinceramente não sei o que escrever. Não sei exatamente está se passando pela minha cabeça nesse momento. São muitas coisas e ao mesmo tempo que não é nada essa minha razão incompreendida ...

Estarei aqui. Ou melhor, estou aqui de alguma formaa! E quero sempre estar e que com o passar dos anos eu possa relembrar de fatos qua acontecem hoje e, talvez, dar risada de mim mesma e ver como eu complico as coisas fáceis e simplifico as difíceis.

Quero tudo e ao mesmo tempo nada. Mas nesse momento eu quero ser feliz, quero poder fazer aquilo que me der vontade e que me faz bem.

Hoje é tipicamente um "bad day" para mim.

Não vou prolongar essa melancolia e nem essas frases soltas que dizem poucas coisas.

Agora só quero deitar e poder dormir tranquilamente até o amanhecer. Pois cada dia é um dia diferente e, quem sabe, amanhã eu consiga escrever tudo que está acontecendo de forma mais clara.

10 julho, 2008

Entre revoltas e incertezas sigo meu caminho
Esperando a opurtunidade certa
O momento exato
Mas me pergunto: pra que?
Será que tudo tem que ter seu tempo, sua hora?
Será que o descompasso do relógio não é o grande responsavel por tudo que acontece de bom e de ruim em nossas vidas?
Queria ser muitas coisas e estar em vários lugares
Mas me contento em ser apenas eu, pois assim,

registro minha singularidade para o mundo
E, ao ser único vc se torna especial para alguém
Quisera eu viver o tempo necessário para aprender tudo que a vida nos ensina e,

acima tudo repartir esse aprendizado.
Uma vez que o egoísmo é o seu inimigo mortal e,
que se aliado com o orgulho, tornam-se invencíveis.

07 julho, 2008

Ventania


Jogo ao vento
meus tormentos
para que um dia
ele possa soprar
em meus ouvidos
os seus segredos

E eu sabendo de sua história
guarde em minha memória
as respostas que obtive
através do tempo
desperdiçado no vento
de meus tormentos


Acreditando que vida

é para ser vivida
dia após dia
com alegria

E que nas tristezas
eu tenha a certeza

de que naquela hora
o mal vá se embora

Agora só o que importa
é deixar meus pensamentos
voarem
e o ventos
soprarem
ao meu favor.

Não tão complicado demais, mas nem tão simples assim é o amor

Quantas e quantas vezes me pego pensando em como seria bom amar alguém e se sentir segura em seus braços e, por alguns momentos, esquecer de tudo ao meu redor e só pensar em nós dois...

Mas o que é amar?
Quando tempo leva pra você amar alguém?
Quem ama é capaz de perdoar e aceitar os erros do parceiro ao mesmo tempo tenta corrigí-los? Será que amar é isso?
É você se sentir nas nuves no meio de uma tempestade?
É se entregar a alguém de corpo e alma sem medir as consequências e pensar em envelhecer juntos caminhando na beira da praia com os netos?
Qual é o verdadeiro significado da palavra amor?
Porque quem ama sofre?

Enfim, são tantas perguntas que até hoje não descobri realmente as respostas. Cada pessoa tem a sua forma de amar alguém ou alguma coisa. Eu posso amar a minha vida, minha familia, meus amigos e meu cachorro, mas todas de formas diferentes, por exemplo.

Não existe regras para se amar e nem tempo. Alguns podem chamar de coisas do destino outros de mera coincidência, mas quem sabe não seja a má pontaria de Eros a culpada de tantos amores frustrados? Talvez ele esteja zombando da nossa fragilidade humana em se apegar a algo ou alguém para se sentirmos mais forte.

Não é preciso amar para ser amado e nem se mostrar fraco para ser forte. A vida nos leva por caminhos tortuosos em que devemos medir nossos passos para que não haja em nossa frente um abismo, somente algumas pedras as quais devemos reuni-las para construir-mos o nosso castelo.

02 julho, 2008

Uma nuvem negra paíra sobre mim

Um ar de preocupação paira na minha cabeça: não consigo mais escrever como antes, parece que algo está bloqueando meus pensamentos sensatos. Para começar a escrever a primeira linha é um sacrifício e tanto, depois até que tudo flui com certa tranqüilidade. Queria voltar as escrever as histórias de Sarah ou mesmo meus poemas, mas não consigo, ultimamente só escrevo nas categorias de Desabafos e Devaneios. Acabaram minhas aulas na faculdade, só estou indo à tarde para o laboratório para dar continuidade num projeto que estou participando, talvez isso esteja interferindo também...

Postagem do dia 28/06

Será que esse é o fim ou simplesmente o recomeço de tudo?

Pode mudar a cara, o ambiente, o clima e a data, porém tudo permanecerá inalterado enquanto não for esclarecido.

A ajuda do tempo é fundamental ao mesmo tempo em que a angústia e ansiedade consomem cada minuto daquele momento interminável.

Sempre depois da tormenta vem o sol, mas minha pergunta é quando?

Quando poderei sentir paz e dormir tranquilamente sem que pensamentos desesperados me assombrem? Quando poderei sentir-me segura e feliz por completo?

Meu maior sofrimento não é o fato de estar atravessando uma fase crítica em família, mas sim por ver que algumas pessoas à minha volta não me dão o devido valor, se acham no direito de me julgar e me crucificar perante outras pessoas para que essas me vejam com outros olhos. O que dói mais é ver que essas pessoas que escutaram coisas por bocas alheias, tiraram conclusões precipitadas e simplesmente se calaram não se dando ao trabalho de averiguar se era verdade. Em outras palavras, demonstraram que não confiam em mim, pessoas estas, que eu achava que existia uma confiança mútua em nosso relacionamento.

Vi também que o ser humano é capaz de tudo para conseguir o que quer, não mede as conseqüências. Acha-se no direito de mandar na vida alheia e jogar com os sentimentos e as atitudes, como se a vida fosse um jogo em que o importa é ganhar a qualquer preço.

Mais frustrante ainda é ter que ver, ouvir e agüentar tudo calada. Talvez por medo ou por saber que não vai adiantar e pode até piorar a situação. Cada vez que eu achava que tava fazendo a coisa certa, contando fatos para alguém, esse simplesmente me apunhalava pelas costas e eu não podia dizer absolutamente nada nessa história tão simples que virou tão complicada e dolorosa para todos.

Ser injustiçada é tão ruim que nesse momento não sei se sou capaz de voltar a confiar nas pessoas que me prejudicaram ou aquelas me julgaram mal.

Volto a repetir que preciso de ajuda também, de apoio, de um ombro amigo. Pois não sei por quanto tempo agüentarei essa situação sozinha. Não por não me achar capaz, mas pela necessidade de me sentir protegida.

25 junho, 2008

Mensagem recebida no dia do meu Aniversário

Hoje é um dia especial! Comece a sorrir mais cedo. Pense em coisas boas.
Alimente seus sonhos. Escute uma música legal e dance, mesmo que sozinho.
Valorize as pessoas próximas a você. Perca o controle.
Grite. Espalhe alegria.
Lembre-se que você é um privilegiado. Nem todos têm as mesmas oportunidades.
Agradeça. As coisas mais importantes são aquelas que você não pode ver.
Que tal começar hoje aquela mudança em sua vida que você vem adiando?
Não espere para ser feliz. Não adianta tentar fugir de seus problemas. Ninguém consegue. Esqueça deles por um dia. Depois aprenda o que tiver que aprender e os enfrente.
Não se deixe abater. Acredite. Tenha energia.
O mundo começará a mudar quando você mudar.
Viver vale a pena.

Lá no fundo, desejamos a você mais um ano com muita saúde, paz e amor. Sinceros parabéns. Feliz aniversário.
0
***************
0
Essa mensagem eu recebi no dia 23/06/2008 o dia do meu aniversário, irei postar sobre isso quando eu achar que estou pronta, mas por enquanto deixo essa mensagem que fez toda a diferença para mim.

17 junho, 2008

Palavras de um "eu" egoísta

Não sei como devo começar, mas tenho que dar o primeiro passo, escrever a 1ª frase e nesse embalo escrever o post. Mas não consigo mais me desabafar ao escrever, meus pensamentos se tornam confusos e complexos e, nessa incerteza e angústia, eu simplesmente me fecho em minha casca de noz. Sei que isso me atormenta e aos poucos consome o meu emocional.

Ultimamente não me reconheço mais, transpareço ser forte e dar apoio a quem precisa e me doar de corpo e alma para que tudo no final ocorra bem, mesmo estando me sentindo um lixo, uma criatura que está aflita e confusa, mas que ao mesmo tempo tem certeza do que está fazendo e sabe lá no seu íntimo que vai conseguir passar por isso quantas vezes forem necessárias, buscando forças onde não tem.

Hoje é um dia em que meu eu está gritando por socorro, implorando uma palavra amiga ou apenas um abraço. Tentar fugir dos problemas não é a solução e nem ficar inventando soluções paliativas para amenizar a situação e querer que com o tempo sua consciência se convença disso.

Deixar que as lágrimas escorram pelo rosto alivia essa dor emocional, mas também me faz voltar a realidade e ver como existe injustiça nesse mundo e me rebelar por alguns momentos no qual me acho no direito de julgar e de corrigir os erros do mundo. Mas ainda ouço aquela famosa voz no meu ouvido de vez em quando e vejo que não sou capaz sozinha, mas que eu posso ajudar com o meu jeitinho sim, só que para isso eu preciso de apoio.

Não tenho vergonha de escrever o que estou sentindo, mas nesse momento nem eu eu sei ao certo que está se passando na minha cabeça e nem qual será o próximo passo.

Desculpa para aqueles que esperavam ler um bom texto ou uma alguma coisa interessante, mas não tenho condições de pensar em mais nada nesse momento que não seja em mim mesmo e, hoje, posso dizer que sou egoísta.

07 junho, 2008

Dias turbulentos

A vida é mesmo complicada, por mais que eu escreva aqui minhas frustrações, revoltas e alegrias nunca irei ter certeza de nada e nem do tempo que elas irão permanecer comigo.
Não queria escrever nesse clima melancólico a qual me encontro, mas não consigo calar meus anseios. Queria que ao escrever cada linha desta, meus problemas fossem apagados ou pelo menos amenizados. Mas tudo tem uma razão e hoje vejo que consigo lidar melhor com a situação, tenho uma carga de vida boa, digamos assim. Já passei por poucas e boas nesses 20 anos e sei que posso passar por tudo outra vez, mesmo sabendo o quanto é dolorido. Buscarei força naquilo em que acredito, mas gostaria muito de poder compartilhar isso com alguém, mas me falta esse ombro amigo. Queria que essa pessoa só me ouvisse sem fazer qualquer tipo de julgamento, que me desse uma luz e reacendesse em mim essa chama de esperança e confinça que está hoje fraca.
A incerteza do amanhã me consome aos poucos, queria dizer tantas outras coisas mas não consigo ordenar meus pensamentos, estou vivendo cada momento esperando o próximo passo e tentando enxergar as consequências, uma luz no fim do túnel, mas está tudo escuro.
Achei que mudando meu visual iria ser suficiente para me animar, mas vejo que cometi um erro. Não vou conseguir passar por essa fase sozinha, precisarei de alguém ao meu lado.

05 junho, 2008

Deixei ser loira!



Decidi mudar o visual radicamelnte, estava cansada de me olhar no espelho e ver aquela loira de sempre com a aparência ofuscada e sem brilho no olhar.

Transformações radicais exigem corajem para encarar os resultados. No primeiro momento me choquei ao me ver morena pela primeira vez na vida, mas com o tempo me acustumei e agora não me arrependo de nada.

Adorei meu novo visual, transparece mais essa fase da minha vida, meus 20 anos e minha cara de mulher decidida e não mais menina. Despertou em mim um lado que estava escondido, agora tenho a ousadia de mostrar meu estilo de ser e quem não gostar, infelizmente não posso fazer nada, simplesmente peço que se afaste para que não seja falso.

Ahh.. posso ter ficado ruiva, mas minha alma sempre será loira!

02 junho, 2008

Vanilla Sky

Seria muito fácil se cada um tivesse o pleno poder de controlar sua vida, prever suas atitudes, gestos, emoções, sonhos amizades enfim, de controlar cada minuto que respira. Talvez assim não existisse 3 dos 5 sentimentos existentes: remorso, ódio, vingança, vergonha e amor. Não existiriam conflitos, guerras, violência e mortes prematuras. Utópico demais até para se sonhar...
O sofrimento faz parte do processo de amadurecimento pessoal e intelectual de cada indivíduo. Se você não encara a realidade, não sabe o que é viver. A sociedade nos mostra a fragilidade do ser humano, das diferentes perspectivas de vida, dos valores de amizade que, diga-se de passagem, são essenciais para nossa sobrevivência. Uma vez que o homem não nasceu para viver sozinho. Porém, fatos inesperados acontecem na vida das pessoas e algumas atitudes tomadas na hora em que a raiva fala mais alto que a razão, resultam em tragédias que mudam completamente o destino daquele que foi afetado.
Qualquer relacionamento começa e termina por causa da confiança uma palavra simples, mas faz toda a diferença. Às vezes o ser humano mostra seu lado frágil e entra em crises existenciais em que não sabe mais em quem confiar e nem como agir. Algumas pessoas se voltam contra você e acabam por destruir laços que você julgava indestrutíveis e, ao se deparar com isso, restam-lhe apenas duas alternativas: respirar fundo, erguer a cabeça e dizer para si mesmo que é capaz de superar tudo e continuar sua vida mais confiante de si e tomar cuidado para que não se repita o mesmo erro. Já que “cada minuto que passa é uma chance de virar a mesa” e mudar seu destino por algum tempo. Ou você pode simplesmente abandonar tudo aquilo que conseguiu até hoje, viver se arrastando pelos cantos e reclamando indignado pro achar que você não merecia passar por isso, se drogar com calmantes e esperar o anoitecer dos dias como se cada dia vivido fosse um dia a menos dessa sua vida desprezível.
O medo de enfrentar os desafios propostos pela vida molda cada indivíduo de uma forma, essa plasticidade de viver aquilo que quer e ou de fingir viver, mostra mais uma vez a nossa inferioridade perante a natureza. Tentar desvendar o enigma do ser é um grande desafio que nem mesmo os mais famosos filósofos conseguiram completamente.

30 maio, 2008

Desvaneios de uma tade

Será que quanto estiver com meus 30, 35 anos vou olhar pra trás e me ver como meu vejo hoje?
Será que vou me achar uma idiota? Ou uma garota legal?
Talvez não lembre de detalhes, momentos ou pessoas que hoje são importantes para mim. Mas tenho certeza que levarei comigo tudo o que aprendi durante esse percuso.
Posso até continuar com os mesmos defeitos como também posso deixar aflorar esse meu eu escondido e mostrar sem ter medo meu jeito de ser, deixar minha estrela brilhar o quanto ela puder e pra quem ela quiser.
Sinceramente não me vejo com 30 anos, mês que vem faço 20 e acho que vai ser um grande marco na minha vida, pois mostra que sobrevivi por duas décadas e estou aqui hoje nessa minha metamorfose ambulante do meu eu incompreendido! (Nossa, que profundo que ficou isso)
Me ocorreu um pensamento enquanto escrevia: será que essa minha busca por respostas já não faz parte de mim? Talvez seja essas minhas aflições os meus traços, a minha marca, seja no meu sorriso ou no meu choro.
Vendo o tempo passar diante dos meus olhos, pessoas entrando e saindo da minha com tanta rapidez e intensidade que eu me transformo naquilo que talvez não deveria ser.
Foram tantas atitudes, gestos, palavras e momentos que eu nem sei mais o que pensar e nem fazer.
Deixar a vida simplesmente passar não é bom, mas tem horas que é preciso.
Ficar atento a pequenas coisas ao seu redor, pode definitivamente, mudar sua vida.

26 maio, 2008

Revoltas: até quando?

Chegaaaaaaaaaaaa!
----------------------------------------------
Como o homem é um ser desprezível! Muitos animais tem extintos mais nobres e dignos que nós. A complexidade do nosso mundo é resultado das nossos próprios atos no passado. Se não tivéssemos essa maldita mania de querer facilitar tudo e, principalmente, achar que é dono da verdade e de que tem direito de mandar e desmandar na vida das pessoas, passando por cima de tudo e de todos, não teríamos tantas tragédias anunciadas diariamente nos noticiários. Seria tão fácil se as coisas fossem do jeito que nós quiséssemos, se não existisse mentira, orgulho, ambição, falsidade e traição. Se as pessoas próximas a nós nunca nos magoássemos.
Mas daí eu pergunto: teria graça?
-----------------------------------------------------
Não, pois o sofrimento faz parte do processo de amadurecimento de todo ser humano. Se você não sabe lidar com problemas, então você não vive nesse mundo, não pertence a essa grande massa que implora por soluções sem saber as respostas, pois sempre achou que nada iria acontecer e que nada poderia ser tão digno ao ponto de o homem não saber o que fazer. Mas hoje a sociedade mundial está de frente com os dois maiores inimigos que poderia ter: a mãe natureza e o próprio homem.
--------------------------------------------
A revolta da natureza vem surgindo e digo só tende a piorar cada vez mais se não agirmos e, quanto ao homem, esse sim não tem mais jeito, está jogado as traças da impunidade e ao descaso da política. Pois um país sem regras rígidas e educação é considerado um país pobre, emergente ou subdesenvolvido. Seja lá o nome que for, ele é assim devido a falta de recursos, seja na área da saúde, da educação, do investimento de capital etc.
--------------------------------------------
Enfim, o culpado são sempre os mesmos: os políticos, no mundo atual tudo é movido a política, seja ela dentro de um plenado ou dos líderes de galgues, comunidades e seitas. Tudo é negociável, mas até que ponto? Ao ponto de matar milhões de pessoas por um "capricho"?
------------------------------------------
Chegaaaaaaaaaaa!
------------------------------------------
Por tudo que vivemos até agora e que espero viver, peço aos cidadões que ainda tem um pouco de juízo e compaixão que passe isso adiante e que acalme seus adversários, que não promova atritos desnecessários entre familiares ou amigos e que saiba ouvir essa voz da razão mas sem deixar de lado a voz do coração. Que, ao anoitecer, você possa deitar no travesseiro com a consciência tranquila e sonhar com um mundo de paz.
----------------------------------------------------------------------------
Nada te faltará - Ana Carolina
--------------------------------------------
Pra onde vamos
As vãs, carros e bicicletas
Certezas, avessas, comércio de guerra
Legado de merda
Mais de um bilhão de chineses
Marchando sem deuses
E outros descalços fazendo sapatos
Pra nobres e ratos
Sobe do solo a nuvem de óleo
Com cheiro de enxofre queimado
Fodendo com os ares
E outras barbáries
Quero mudança total
Uma idéia genial
A ciência e o amor a favor do futuro
Quero claro no escuro

Peço paz aos filhos de Abraão
Quero Ghandi na melhor versão
E nada vai me faltar
E nada te faltará

Pra onde seguem os barcos
Os homens suas trilhas
Seus filhos e filhas no pau da miséria
Um pico na artéria
As mulheres pedintes perdidas
Que já quase loucas
Dividem o frio das noites com as dregs
As mães descarregues
Meninas sangrando na boca
E no meio das pernas
No meio da noite tomando cacete
Sem dente e sem leite
Quero respeitos humanos
Direitos fazendo pensar
Os pilares de uma nova era
Que não seja quimera

24 maio, 2008

Déjà vú

Ela olhou em frente ao espelho e viu apenas um rosto inchado, cabelos despenteados e olhos vermelhos de tanto chorar. Suspirou. Viu no chão as pílulas de calmante caídas perto da garrafa de vodca. A raiva despertou ao mesmo tempo que o desespero a fez reagir. Sabia que tinha escapado da morte por pouco e, reagiu a essa situação como se tivesse recebido um sinal dos céus. Não se atreveu a pergutar o porquê de tudo aquilo, simplesmente levantou-se, tomou um banho, se arrumou e foi dar uma volta. A sensação de liberdade lhe fazia bem.
Ás vezes queria ser azul, talvez assim as pessoas teriam motivos pra ver com outros olhos e, perceberiam que existo e que mesmo sendo azul, seria igual, mas com um detalhe a mais.



Como é estranho olhar para alguém tentando achar algo em comum. Vc já faz um pré-julgamento da pessoa e e acaba por não ver a suas particularidades.

19 maio, 2008

Um pouco sobre Psicologia Social

A psicologia social procura estudar a interação dos homens perante uma sociedade, com base nesses comportamentos, são estabelecidos conceitos.

Isso envolve a percepção social, comunicação, mudança de atitudes, socialização, grupos sociais e papéis sociais.

Você se conhece?
Talvez superficialmente, tudo depende do momento vivido e das emoções que afloram. Ao longo de um processo você passa a ter um conhecimento maior sobre você mesmo.

Percepção: perceber a presença do outro e com suas características próprias, possibilitando uma impressão. Isso é possível devido ao nosso contato com o mundo a qual atribuímos um significado.

Comunicação: codificação-transmissor-mensagem-receptor-decodificação = significado.

Atitudes: Ações favoráveis ou não em resposta à informações relacionadas com afetos positivos ou negativos.

Socialização: conjunto de nossas crenças, valores e significados - aprendidos como membro de um conjunto social.

Escolhas: grupos sociais = possuem objetivos em comum, desempenham papéis sociais, mas o papel prescrito nem sempre é desempenhado - sofre modificações.

A psicologia social é baseada em um método descritivo onde depende da percepção visual/espacial. Por isso se torna falha e susceptível à críticas.

A chamada nova psicologia social critica a antiga por várias razões, dentre elas: partia somente da interação social, isto é, apenas o homem modificava a sociedade, mas não e si próprio. E havia o comprometimento dos antigos antropólogos com o governo, em que as teorias favoreciam o governo regente.

Em resumo a nova psicologia social refere-se mais parte psíquica, ou seja, aquilo que não podemos efetivamente observar. São conceitos básicos dessa análise do homem em movimento: a atividade, a consciência e a identidade.


"Estamos sempre nos transformando,apesar de aparentemente nos mantermos iguais."


Fiz esse resumo partindo da aula de psicologia que tive hoje na faculdade e principalmente por essa frase acima, pois a achei muito propícia para o momento a qual estou vivendo.

Já ouviram falar do efeito dominó?

Quando uma coisa dá errado tudo tende ao pior. Até parece Lei de Murphy, uns dizem que são uma conspiração cómica contra você e outros não acham nada, apenas se conformam com a realidade.

É interessante observar as pessoas em momentos críticos, pois elas podem chegar aos extremos da razão ou da loucura. E são nesses momentos que você realmente conhece as pessoas ao seu redor.

Evitei escrever antes no blog, para não tornar-me repetitiva em certos assuntos que insistem em me perseguir e, com o passar do tempo eu percebo que minhas atitudes são diferentes em relação ao mesmo problema. Não julgo isso ruim, pois aprendi que tem ta na chuva é para se molhar e que se fazem algo de ruim para você ou para alguém que você goste, a vingança não é melhor solução, mas você não pode deixar isso impune.

Uma nuvem negra páira sobre nossas cabeças (entendam nossas como sendo da minha família) e a cada dia vivemos na incerteza do amanhã. De dia pode ser que tenhamos sol,mas ao anoitecer uma terrível tempestade pode surgir....

E eu estou aqui pronta pro que der e vier, quer dizer, espero que esteja realmente.
Uma coisa importante disso tudo, hoje eu sei separar a família da faculdade, mas é tão complicado se concentrar quando se está com o pensamento longe.

Queria resolver os problemas, mas não tenho essa capacidade e, mesmo que tivesse talvez não acabaria com todos os problemas do mundo, pois o sofrimento é necessário para a nossa evolução como seres humanos.

Deixo uma pergunta no ar:
Quando será que o sol irá brilhar para todos??

11 maio, 2008

Busco horas. Busco dias. Busco estar em ti.

Essa não é mais uma carta de amor,
São pensamentos soltos traduzidos em palavras
para que você possa entender
o que eu também não entendo.
Queria te dizer palavras simples
que guardariam tudo o que eu sinto.
E pelo simples fato de te dizer,
mais forte ficaria meu sentimento.
Mas nada que eu diga me parece exato,
nada que eu pense tem um sentido claro.

Só por você eu dei até o que eu não tive
Há tantos que vivem sem viver um grande amor
Eu que sonhei por tanto tempo em ser livre
Me prenda em seus braços é o que eu te peço

Talvez o silêncio nunca me perdoe
por te dito que te amo
Sou vítima de mim mesmo,
de própria frase,
da minha própria consciência.

Não importa sua crença eu quero a diferença
que me faz te olhar de frente
pra falar de tolerância e acabar com essa
distância entre nós dois
deixa eu te levar
Não há razão e nem motivo pra explicar
eu te completo e que você vai me bastar

Entre razões e emoções a saída é fazer valer a pena
Se não agora não agora depois não importa, por você posso esperar
Como num filme no final tudo vai dar certo
Quem foi que disse que pra estar junto precisa estar perto?
E que se acabem os segredos e que se aumentem os desejos
e assim enquanto eu te beijo que mude o destino por um minuto.

Pensa em mim - Darvin

Dedico essa música a minha prima Ana: 

Inspiração dos meus sonhos, não quero acordar.
Quero ficar só contigo, não vou poder voar.
Por que parar pra refletir se meu reflexo é você?
Aprendendo uma só vida, compartilhando prazer.

Por que parece que na hora não vou agüentar,
Se eu sempre tive força e nunca parei de lutar?

Como num filme no final tudo vai dar certo.
Quem foi que disse que pra tá junto precisa tá perto?

(refrão):

Pensa em mim
Que eu tô pensando em você
E me diz
O que eu quero te dizer
Vem pra cá, pra eu ver que juntos estamos
E te falar
Mais uma vez que te amo

O tempo que passamos juntos vai ficar pra sempre,
Intimidades, brincadeiras, só a gente entende.

Pra quem fala que namorar é perder tempo eu digo:
Ha muito tempo eu não cresci o que eu cresci contigo.

Juntos no balanço da rede, sob o céu estrelado,
Sempre acontece, o tempo pará quando eu tô do seu
lado.

A noite chega eu fecho os olhos e é você que eu vejo,
Como queria estar contigo eu paro e faço um desejo:

Pensa em mim
Que eu tô pensando em você
E me diz
O que eu quero te dizer
Vem prá cá, pra eu ver que juntos estamos
E te falar
Mais uma vez que te amo (3x)

Mais uma vez que te amo...

09 maio, 2008

O reencontro

Em sua mente repetia-se involuntariamente aquela cena que tanto lhe apavora.
A sensação era de angústia e medo do desconhecido, estava desnorteada, precisava ouvir que tudo ia dar certo, precisava de um colo, um ombro em que pudesse desabafar seus tormentos silenciosamente num abraço amigo.
Não sentia-se infeliz e nem alegre, apenas vazia.
Vazia de respostas, palavras, pensamentos e atitudes.
Estava fisicamente nos lugares, mas seu eu lhe implorava decisões que lhe deixavam inquieta. Borboletas alvoroçadas em seu estômago alertavam que algo não estava bem.
Precisava voltar ao mundo real, mas como?
Não sabia dizer, para cada lado que olhava não via as respostas que queria.
Noites de insônia e as crises voltaram... Não queria isso.
Sabia as consequências e lhe perguntava por quê deixou chegar a esse ponto.
Quando tudo parecia perdido, encontrou sua salvação aonde nunca imaginou.
Teve a certeza que a vida lhe prega peças e que o destino sabe o que faz.
Ao andar distraída pela rua encontrou um amigo de longa data, que nunca imaginou rever. Ele presenciou parte de sua tragetória, lhe apoiou e aconselhou nos momentos certos.
Lutaram juntos sem deixar transparecer para os outros o que lhes afligia.
O sorriso e aquele abraço amigo gostoso eram tudo que ela precisava para seguir em frente naquela fase em que tudo mudava tão rapidamente e um passo dado em falso podia definir sua vida para sempre.
Fase a qual todos já passaram e muitos ainda irão: A adolescência em que os nervos encontram-se a flor da pele e a curiosidade é o fogo que mantém a chama ascesa (ou seria acesa?) .
Retomando...
Ao abraçar sentiu uma energia e uma sensação muito boa. Lágrimas correram de seus olhos ao ver os olhos dele marejados e escutar tão doces palavras:
- Meu anjo, você sabe o que enfrentou e passou e está aí linda, muitas coisas virão, mas você já venceu tantos obstáculos que sabe tem a capacidade de enfrentar o que vier e sair com a cabeça erguida. Você é forte, guerreira e dedicada no que faz. Continue assim que sua estrela ainda vai brilhar muito. E pode contar comigo pro que precisar, sempre estarei aqui torcendo por você, minha grande amiga.
Essas palavras ficarão gravadas em sua memória por muito tempo.
E, a cada obstáculo que se deparar irá lembrar das palavras e encontrará as forças necessárias para vencer.

08 maio, 2008

III Simpósio de PET/CT em Oncologia: Neoplasias Torácicas



Esse simpósio foi realizado no Hospital Sírio Libanês nos dias 28 e 29/04 em São Paulo.
Foi muito bom, de uma ótima organização e o nível de conhecimento dos palestrantes excepcional.

Tivemos a oportunidade de assistir palestras com o Dr. Homer Macapinlac, do M.D. Anderson Cancer Center e com o Dr. Steven M. Larson, do Kettering Cancer Center. Além dos doutores Edwaldo E. Camargo, diretor do núcleo de medicina nuclear do hospital e Dr. Riad Younes, diretor clínico. E outros excelentes profissionais que participaram.


O foco desse simpósio foi mostrar a importância dessa nova técnica de diagnóstico na oncologia que vem demonstrando ótimos resultados, mas ainda é recente. O PET/CT é a junção da técnica do PET com a tomografia computadorizada para se obter maior precisão de dados e maior detecção de alterações metabólicas em locais específicos do corpo humano.


Para se realizar o PET é utilizado o FDG-F que é um radiofármaco semelhante a molécula de glicose que, ao ser injetado na pessoa, contrasta os pontos em que há alterações metabólicas, aparecendo na imagem como pontos escuros. O FDG ao entrar na célula não é metabolizado, sendo assim, o paciente não elimina água e nem ar radiotivo.
O Hospital Sírio Libanês é o pioneiro em utilizar o PET/CT no diagnóstico e tratamento oncológico. Não vou me aprofundar, mas quem estiver interessado vale a pena pesquisar mais sobre o assunto.

Ah! Quem quiser ver as fotos da viagem é só clicar na imagem.

Simpósio em São Paulo

26 abril, 2008

Off

Sem net por tempo indeterminado =/

Estou indo viajar para São Paulo hj de tarde com algumas amigas, iremos num Simpósio no Hospital Sírio Libanês, daí aproveito para ver minha familia e amigos =D (Não sei se isso vai ser bom, mas enfim)
Conto os detalhes na volta, por hoje é isso.

20 abril, 2008

Tolerância x Vida

Nos dias conturbados em que vivemos, ser tolerante é considerado uma qualidade boa, mas até que ponto dexamos nos levar para ser ter um bom convívio? Será que se resolvermos tudo nos atrapalha no momento certo não é melhor do que deixar acumular até a hora em que tudo explode num ato impensado e até insano?
A minha liberdade começa aonde a sua termina. Temos que respeitar limites, regras e agir de acordo com um senso comum para que se possa conviver em harmonia. Mas a cada dia passa vejo que conviver com as pessoas se torna uma tarefa árdua em que um pequeno gesto pode causar grandes estragos.
Não preciso gostar de você, das suas atitudes ou da sua vida, mas tenho que respeitá-la assim como você tem que me respeitar. Ninguém nunca foi e nem será perfeito, todos nós cometemos erros e falhamos, mas cabe a cada um julgar seus atos e a você decidir o que é melhor para você no determinado momento.
Não se pode deletar o passado, mas ninguém precisa saber todos os detalhes dele, apenas lembre-se que lhe convém e repasse aquilo que você aprendeu para que alguém não repita o mesmo erro.
Viva sua vida sem prejudicar as alheias, faça tudo que tiver ao seu alcance para ajudar alguém sem esperar nada em troca.
Expresse seus sentimentos, diga que ama alguém todas as vezes que sentir vontade, pode ser pai, mãe, irmã, tia, avó, papagaio, cachorro, namorado(a), enfim, o que vale é falar.
Fale tudo que tiver te incomodando, mas com jeitinho, calcule seus passos e as consequencias.
Se valer a pena ir em frente, vá sem medo, atreva-se, deixe a adrenalina vir à tona.
Curta cada momento como se fosse único e esqueça do mundo lá fora.
Não se preocupe com que os outros vão pensar de você e sim com a sua consciência.
Inove, não seja mais um na multidão, seja aquele um que faz a diferença entre todos.
Loucura? Não.
O que é que tem? Não dizem que "de pscicólogo e louco todo mundo tem um pouco", então, se isso tudo for loucura, eu já deveria estar internada....

"Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento" (Clarice Lispector)