Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

13 abril, 2008

"Dons" e coisas que estão além da nossa compreensão

O que está além da vida e da morte?
O que levamos dessa vida?
Qual nossa missão aqui?
Existe outros seres mais ou menos evoluídos?
Outros planetas?

Tantas perguntas que geram respostas divergentes, quero expor minha opnião em relação a certos fatos que acontecem e nem sempre entendemos os motivos.
Cabe a nós julgar alguém?
Existe justiça Divina?
Céu e inferno?

Não.... Cresci aprendendo e ações causam reações e que cada atitude sua torna sua marca, forma seu passado e presente. Sua vida é aquilo que você faz e que ninguém têm o direito roubá-la.
Acredito que existe vida após a morte, pois cresci seguindo a Doutrina Espírita e creio naquilo que acho lógico. Conheci muitas religiões e pontos de vista, mas no Espiritismo encontrei as
respostas que eu procurava.

Sexta feira passada, o Globo Reporter falou de pessoas com "dons" que a ciência não consegue explicar. Isso pra mim chama-se mediunidade, existem váriso tipoe e todos nós temos, mas só alguns a desenvolvem. Eu sou um pouco sensitiva, mas minha mediunidade é de cura, a de trocar energias com as pessoas e a natureza. São coisas que você não tem como provar, mas sabe que existe. Busco forças do sol, da lua, das cachoeiras e da terra e as passo para as pessoas que estão precisando, costumava fazer massagem nas pessoas, adoro poder ajudar alguém com as minhas próprias mãos. Fiz curso e tudo mais, mas é sempre assim, pego tudo as energias negativas das pessoas sem querer e acabo doando as minhas energias sem necessariamente tocar na pessoa. Minhas mãos pés são sempre frios, mesmo com luvas e meias, mas se me concentro, minhas mãos pegam fogo e a pessoa pode sentir o calor sem que minha mão esteja muito proximo. Depois tenho que "descarregar" essa energia em alguma coisa, aguá ou um cristal, senão fico mal. Algumas pessoas da minha família também possuem mediunidades. Podem não acreditar, mas sinto coisas que não tem explicação. Acredito nessas pessoas que só de olhar sabem o que vc tem ou prevêem algo, mas com exceções, pois alguns agem na má fé.

Temos que acreditar em algo superior a nós, temos que ter fé, não importa sua religião, mas precisamos nos apoiar em algo pra seguir nossas vidas.

0 comentários: