Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

07 julho, 2008

Ventania


Jogo ao vento
meus tormentos
para que um dia
ele possa soprar
em meus ouvidos
os seus segredos

E eu sabendo de sua história
guarde em minha memória
as respostas que obtive
através do tempo
desperdiçado no vento
de meus tormentos


Acreditando que vida

é para ser vivida
dia após dia
com alegria

E que nas tristezas
eu tenha a certeza

de que naquela hora
o mal vá se embora

Agora só o que importa
é deixar meus pensamentos
voarem
e o ventos
soprarem
ao meu favor.

0 comentários: