Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

02 julho, 2008

Uma nuvem negra paíra sobre mim

Um ar de preocupação paira na minha cabeça: não consigo mais escrever como antes, parece que algo está bloqueando meus pensamentos sensatos. Para começar a escrever a primeira linha é um sacrifício e tanto, depois até que tudo flui com certa tranqüilidade. Queria voltar as escrever as histórias de Sarah ou mesmo meus poemas, mas não consigo, ultimamente só escrevo nas categorias de Desabafos e Devaneios. Acabaram minhas aulas na faculdade, só estou indo à tarde para o laboratório para dar continuidade num projeto que estou participando, talvez isso esteja interferindo também...

2 comentários:

Cacau disse...

Oii
Tem momentos que não conseguimos escrever mesmo. Principalmente quando queremos escrever.

Gostei do blog, pretendo voltar mais vezes, e com calma pra ler mais coisas.

Beijos e bom restinho de semana

ARCANO disse...

Grata. Gostei do sue blog tb :)