Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

19 maio, 2008

Um pouco sobre Psicologia Social

A psicologia social procura estudar a interação dos homens perante uma sociedade, com base nesses comportamentos, são estabelecidos conceitos.

Isso envolve a percepção social, comunicação, mudança de atitudes, socialização, grupos sociais e papéis sociais.

Você se conhece?
Talvez superficialmente, tudo depende do momento vivido e das emoções que afloram. Ao longo de um processo você passa a ter um conhecimento maior sobre você mesmo.

Percepção: perceber a presença do outro e com suas características próprias, possibilitando uma impressão. Isso é possível devido ao nosso contato com o mundo a qual atribuímos um significado.

Comunicação: codificação-transmissor-mensagem-receptor-decodificação = significado.

Atitudes: Ações favoráveis ou não em resposta à informações relacionadas com afetos positivos ou negativos.

Socialização: conjunto de nossas crenças, valores e significados - aprendidos como membro de um conjunto social.

Escolhas: grupos sociais = possuem objetivos em comum, desempenham papéis sociais, mas o papel prescrito nem sempre é desempenhado - sofre modificações.

A psicologia social é baseada em um método descritivo onde depende da percepção visual/espacial. Por isso se torna falha e susceptível à críticas.

A chamada nova psicologia social critica a antiga por várias razões, dentre elas: partia somente da interação social, isto é, apenas o homem modificava a sociedade, mas não e si próprio. E havia o comprometimento dos antigos antropólogos com o governo, em que as teorias favoreciam o governo regente.

Em resumo a nova psicologia social refere-se mais parte psíquica, ou seja, aquilo que não podemos efetivamente observar. São conceitos básicos dessa análise do homem em movimento: a atividade, a consciência e a identidade.


"Estamos sempre nos transformando,apesar de aparentemente nos mantermos iguais."


Fiz esse resumo partindo da aula de psicologia que tive hoje na faculdade e principalmente por essa frase acima, pois a achei muito propícia para o momento a qual estou vivendo.

1 comentários:

nayara disse...

ola tudo bem? procurando algo que não tem nada haver com vc axei sei blog e estou aqui agora pra lhe dar meus sinceros parabens pelas frase e pela materia da psicologoa social !!
felicidades
bju