Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

19 maio, 2008

Já ouviram falar do efeito dominó?

Quando uma coisa dá errado tudo tende ao pior. Até parece Lei de Murphy, uns dizem que são uma conspiração cómica contra você e outros não acham nada, apenas se conformam com a realidade.

É interessante observar as pessoas em momentos críticos, pois elas podem chegar aos extremos da razão ou da loucura. E são nesses momentos que você realmente conhece as pessoas ao seu redor.

Evitei escrever antes no blog, para não tornar-me repetitiva em certos assuntos que insistem em me perseguir e, com o passar do tempo eu percebo que minhas atitudes são diferentes em relação ao mesmo problema. Não julgo isso ruim, pois aprendi que tem ta na chuva é para se molhar e que se fazem algo de ruim para você ou para alguém que você goste, a vingança não é melhor solução, mas você não pode deixar isso impune.

Uma nuvem negra páira sobre nossas cabeças (entendam nossas como sendo da minha família) e a cada dia vivemos na incerteza do amanhã. De dia pode ser que tenhamos sol,mas ao anoitecer uma terrível tempestade pode surgir....

E eu estou aqui pronta pro que der e vier, quer dizer, espero que esteja realmente.
Uma coisa importante disso tudo, hoje eu sei separar a família da faculdade, mas é tão complicado se concentrar quando se está com o pensamento longe.

Queria resolver os problemas, mas não tenho essa capacidade e, mesmo que tivesse talvez não acabaria com todos os problemas do mundo, pois o sofrimento é necessário para a nossa evolução como seres humanos.

Deixo uma pergunta no ar:
Quando será que o sol irá brilhar para todos??

0 comentários: