Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

15 novembro, 2007

Inconsequências...

São tantas coisas que nem sei por onde começar...
Falei com pai hj sobre um erro q cometi na sexta... Foi mto dramatico essa conversa, por um momento achei que ele iria ter um treco, sei que se eu estivesse na frente dele iria ser bem pior.. Não conseguiria olhar nos seus olhos de tanta vergonha.
Mas faze o quê?
Errei e agora estou sofrendo as consequências. Mas estou certa de nunca mais irei cometer o mesmo erro. Vi o qto é ruim e não quero isso pra minha vida e mto menos dar desgosto pra minha família....
Desculpa pai ... Sei que vc esta sofrendo agora e eu não quero isso.
Todos cometem erros e a única culpada nessa história fui eu, vc não teve nada a ver com a minha incosequência.... Por outro lado, todos tem direito a uma segunda chance e, eu acho q eu mereço provar q mudei. Mas isso só o tempo vai lhes mostrar....

A bebida é traiçoeira...

0 comentários: