Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

24 julho, 2006

Devaneios sobre a vida

A vida me leva por caminhos cheios de incerteza, uma vez que ninguém
tem certeza de nada até que aconteça. ás vezes tropeço nas pedras e até chego a cair em buracos obscuros, mas sempre consigo me erguer, não importa as marcas dos arranhões que ficaram para sempre na pele, pois são eles que fazem eu ficar mais forte e ver a vida com outros olhos....


Com o tempo vejo que nem tudo é como parece, infelizmente existem mais sentimentos ruins do que bons. Sobreviver dignamente nessa selva de pedra não é para qualquer um. E, conviver com as diferenças sejam elas socioeconômicas, raciais ou culturais não diria difí­cil, mas talvez exija mais compreensão e ou melhor, compaixão das pessoas ao redor. O que convenhamos, nos dias de hoje é quase impossí­vel; Tem gente matando gente por banalidade. Civis indefesos presos em suas casas com medo de sair e não voltar mais...

É .... viver é uma arte, porém poucos sabem aprecia-la !!!

0 comentários: