Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

11 julho, 2006

Anciedade

Esse é meu problema: ANCIEDADE!

Sofro desde pequena quando íamos viajar ou para um lugar legal. Sempre que tenho algo pra fazer de muita importância ou ir a um lugar, pode ser show, bar, balada, vagens etc. Meu estomago fica em apuros... Borboletas, as famosas, ficam voando pelo estomago, não consigo durmir e cada vez que vai chegando a hora... ai.... minha mão fica fria, fico tensa, agitada, uma consumação só. Até que chega a hora, daí tudo passa.....

Isso ta acontecendo comigo hoje, porque vou num show. Depois coloco as fotos e conto como foi - se eu sobreviver.

0 comentários: