Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

22 fevereiro, 2008

Um ponto de vista

Atualmente vivemos na era digital, onde o fluxo de informações é muito grande e rápido para as pessoas absorverem tantos dados. A mídia exerce um grande poder de manipulação sobre a massa popular, uma vez que as pessoas, desde pequenas, aprendem a passar horas em frente da TV e a acreditar em manchetes sensacionalistas cujo o único intuito é aumetar o IBOPE. Mas isso não acontece só na TV, as revistas também tem seus poderes de persuasão e, variam de acordo com o que lhes convém politicamente quanto economicamente.
A maioria das pessoas gosta e acha que a Veja é "a dona da verdade", mas se você comprar a Época, verá que o mesmo assunto será abordado de forma diferente com caráter mais científico e neutro, sem tomar uma posição sobre o assunto. Em outras palavras, a Veja impõe sua opinião política-social sobre o tema enquanto a Época se abstém. Bom, essa é a minha opinião, mas sei de muita gente que concorda comigo. Assim como as grandes emissoras de televisão, todos nós sabemos que a Globo é sensacionalista de igual pra igual com o SBT, tudo que uma faz, a outra dá um jeito de fazer algo parecido ou totalmente diferente, mas que sempre estão disputando a atenção do telespectador. Já a Record e a Rede Tv! veêm crescendo e muito nesses últimos anos e ganhado audiência com programas originais.
Igual hoje, o que se assiste de bom na TV? Faustão??? Domingo Legal??? Raul Gil???
Por favor né... mil vezes aluga um filme ou fazer algo de útil até começar o Domingo Espetacular na Record. Um programa bom e sem muito sensacionalismo como o Fantástico. Mas claro que todos os programas tem que ter algo para prender a atenção das pessoas, é uma forma de ganhar audiência e todos possuem meios para isso, a questão é como cada um faz, mesmo porque "cada cabeça é uma sentença" e as pessoas são livres para acreditar naquilo que lhe pareça sensato e que vai de acordo com a sua criação, é muito relativo isso. Não estou aqui julgando ninguém, pelo contrário, só estou expondo o meu ponto de vista.

Lembrei-me agora de um piada que vêm calhar com esse asunto.
Diz que um português foi visita um aquário e viu um japonês olhando fixo pra um peixe e o peixe imóvel olhando pra ele, passaram- se 15 minutos e tava lá o japonês olhando pro peixe. O português ficou intrigado e perguntou ao japonês:
- Ora pois, o que estás a fazer pro peixe ficar parado desta maneira?
O japonês falou:
- É simples né, mente grande comanda mente pequena né.
O português foi ver os outros peixes, passou um tempo e o japonês foi embora. Daí o português foi lá em frente ao aquário e ficou olhando pro peixe, quando o japonês chegou o português tava olhando pro peixe fazendo boquinha de peixe ( fica mais engraçado quando é contada porque imita ... mas enfim).

Ah.. vocês entenderam o que eu quis dizer né!?

1 comentários:

**Rùúhh** disse...

oiiEE
adOreii o post,principalmente a piada ja tinha ouvido falar nela.