Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

30 janeiro, 2008

Desvaneios Incertos

São tantas que me afligem nesse momento que nem sei o que dizer aqui.
As palavras e pensamentos não se tornam claros e ao tentar transcrevê-los me perco em meus desvaneios. Sinceramente acho que o nome do blog deveria ser "Desvaneios sobre a vida" ou algo assim. Mas não irei mudar.... Mudanças demais não são boas. Tudo tem o seu limite e a sua hora. Como muitos dizem: "O que é seu tá guardado".

Posso eu ficar aqui e escrever sobre qualquer que me vier à cabeça, mas hoje pretendo durmir cedo. Todos os dias estou madrugada a dentro aqui na internet e no blog. Por um lado é bom. Gosto de ver meu blog com coisas legais (pelo menos pra mim), mas falar de problemas pessoais como costumo fazer está difícil. Por mais que tento não sei o que dizer e nem o que fazer.

Quando tudo parece bem, tem sempre algo pra estragar e te deixar lá em baixo, talvez, tenha uma razão que ainda desconheço . Mas com certeza meus caminhos irão se abrir e saberei por qual deles caminhar.

Essa angústia de não começar logo as aulas me mata, não posso ficar sem fazer nada. E esse carnaval também, bem que falam que o ano só começa depois do carnaval....

Vou ficar por aqui senão já viu...

0 comentários: