Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

20 maio, 2007

Cidadão Quem - Um Dia

Ando sozinho pelas ruas
Nas esquinas de qualquer lugar
Vejo um menino
Um velho pássaro
Que não se cansa de voar
Ares de uma mulher
Corpo que seduz
Me leva um pouco para lá
Paro e vejo uma luz
Pode ser o sol
E nada poderá mudar


Te peço pra lembrar
Que o dia nasce e acaba
Responda a quem chamar
Com seu abraço e mais nada


Sigo o destino
Que a vida me traz
Do jeito que ele me conduz
Tantas maneiras
Formas visuais
Amores e os seus finais
E chegando ao final
Durmo e sonho em paz
Os pássaros no céu lilás
Folhas caem do céu no planeta azul
E nada poderá mudar
Te peço pra lembrar
Que o dia nasce e acaba...

pegue a sua no TemplatesdaLua.com

0 comentários: