Unwritten

Escrever, escrever e escrever....
Deixar as palavras formarem frases, parágrafos e textos... Contar notícias, tragédias, cartas de amor, cartas de saudades, de alegria, mensagens de reflexão.Buscar em coisas escritas aquilo que não se encontra ao escutar.Achar no meio de um livro antigo uma rosa seca e, ao ver, recordar o passado.
Desligar-se do mundo ao ler um livro, entrar na história e ser o narrador observador.E por alguns instantes esquecer de tudo.

Eu escrevo por hábito, por gosto, porque quando escrevo esqueço do mundo ao meu redor, as palavras chegam na minha mente e eu simplesmente as escrevo.Podem não ter significado pra você, mas para mim, sempre tem.

Nossas vidas são como livros, a cada dia uma nova página é escrita.

30 agosto, 2006

Show do NeNHuM de NóS

Ontem, dia 29 de agosto de 2006 foi um dia muito especial, pois tive uma noite maravilhosa e perfeita!
Fui no show do Nenhum de Nós aqui em São Paulo no Teatro Popular do Sesi, na Paulista. Estava lotado.
Foram duas horas que poderiam durar a eternidade! Tocaram todas as músicas que eu gosto, aliás não existe música que eu não gosto, mas tem aquelas preferidas.
Eles são maravilhosos, muitos carismáticos e arrasaram no show!!!!!
Não sei dizer a ordem exata do set list, mas sei que eles tocaram essas músicas:

- Dança do Tempo
- Confiança
- Cada Lugar
- Divididos
- Feed back
- Igual a você

- Das coisas que eu não entendo
- Noticia boa
- Vou deixar que você se vá
- Sobre o tempo
- Camila
- Paz e amor
- Diga a ela
- Eu não entendo
- Da janela
- Astronauta de mármore
- Você vai lembrar de mim
- Julho de 83

0 comentários: